Em tempos de pandemia mundial, o tema da Bienal de Arquitetura de Veneza de 2020 não poderia ser mais atual. “Como viveremos juntos?” é o questionamento que propõe a 17º edição do evento mais importante do mundo da arquitetura. Hashim Sarkis, curador do evento, escolheu um tema que se encaixa perfeitamente ao contexto da atual crise provocada pela Covid-19. A questão proposta não diz respeito apenas aos seres humanos, mas a todas as espécies, incluindo os micro-organismos.

Com o isolamento social sendo colado em prática em todos os países, a questão “Como viveremos juntos?” se tornou ainda mais relevante sobre o futuro do mundo e da humanidade. A Bienal chega como uma porta para uma discussão atual: como a arquitetura pode atuar como ferramenta de combate às pandemias?

Fonte: https://www.labiennale.org/en/news/biennale-architettura-2020-how-will-we-live-together

 

A realidade atual nos forçou a uma adaptação rápida a uma situação completamente fora do que estávamos acostumados. Passando praticamente 24 horas do dia dentro de casa compartilhando todos os momentos (e as novas emoções que a situação nos traz) com quem moramos ou sozinhos, como é o caso de muitos.

Isso tudo está nos fazendo passar por uma profunda transformação na forma como nos relacionamos com o próximo, trazendo a tona algo que talvez não estávamos interessados em lidar: a crise das relações humanas. Junto da pandemia vieram várias discussões pertinentes, especialmente no universo da arquitetura.

 

Novos tempos, novas formas de viver

Uma delas é repensar a forma como viveremos juntos. É tempo dos profissionais contribuírem na discussão e proposição de novas soluções espaciais que permitam vivermos coletivamente e com equilíbrio entre todos os seres vivos, mesmo aqueles que não podemos ver.

 

Fonte: https://www.labiennale.org/en/architecture/2020

 

Por causa da crise mundial, a abertura da Bienal de Arquitetura de Veneza foi adiada para o dia 29 de agosto, com encerramento em 29 de novembro, decisão tomada de forma consciente e responsável pela organização do evento.